quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Acabou a brincadeira!


Primeiramente, peço desculpas aos nossos leitores pela desatualização do blog. Cumpre esclarecer que este blog não é atualizado desde a derrota no GRE-nada. O motivo é simples: protestar contra o Sr. Roth - leitor assíduo deste espaço -, que estava tentando promover mais uma de suas invenções táticas nada convencionais (desculpa mais fraca que o ataque formado por Marcel e Tuta!!!). Porém, após três vitórias seguidas, faz bem retomar os trabalhos.

Ontem encerrou-se o ciclo de diversão, com uma partida para lá de amistosa, onde nosso time misto não fez força para vencer o Brasil de Pelotas. O gol de Herrera foi o ponto alto da noite, acompanhado de alguns lampejos de talento de Orteman, que provou que, em algum dia, em um passado distante, jogou muita bola, sim senhor. O castelhano conhece a técnica e tem boa visão de jogo, mas, até prova em contrário, parece um cavalo cansado, inapto à disputa da Copa.

Por falar nela, estamos a uma semana da estréia e a dois dias do término das inscrições (que seriam até segunda-feira, mas para o Brasil é até sexta, tendo em vista a relação CBF x carnaval).

Diante disto, faz-se necessária a contratação URGENTE de um voltante, que desembarque, vista a camisa e jogue. A infelicidade do W. Magrão (que uruca!!!!) alertou para a necessidade de um grupo mais qualificado, para enfrentar os desafios deste primeiro semestre.

Imperiosa, ainda, a utilização de critérios inteligentes à formação do grupo que será inscrito na Copa de San Martin. Todo o cuidado é pouco!

A partir de agora, só jogos decisivos! É a hora da verdade, de mostrar que tem bala na agulha e quem é mero fogo de palha.

Que os deuses do futebol impeçam que o Roth pratique suas invenções! Para isto, além da ajuda divina, é necessário muito trabalho, para que o "homi" não tenha o ócio "criativo".

Boa sorte, tricolor!





6 comentários:

amarante disse...

É isso aí LF! Agora é hora de estabelecer um time e repetir. Roth disse que atualmente o ataque é Alex mineiro e jonas. Nisso concordo com ele. Por enquanto é a dupla mais entrosada. Depois de anos teremos opções de jogadores e de esquema. Jadilson tá jogando muito na frente, mas precisa de um esquema que o proteja atrás. Herrera tá quase pronto. O problema é o meio, que é o mais importante. A contratação de um volante já era imperiosa antes da lesão de Magrão. Se jogarmos no 4-4-2, esquema que acho acomodar melhor souza e tcheco, precisaremos preencher a 1 e 2ª funções do meio. No grupo não temos nenhum jogador afirmado em ambas posições. Fala-se no Emerson (32 anos), que acho poder ser a referencia tecnica e anímica do time. Tem que se definir duma vez. Falta uma semana.

Jésura disse...

Ah esses comentaristas são muito melhores que Maurício Saraiva e cia, por isso este é o meu veículo de debate futebolístico preferido he he. Vocês não acham que o Makelele poderia ser aproveitado no time? Eu particularmente gosto do futebol dele. E viva a urucubaca que atinge nossos adversários compatriotas na estréia na Libertadores (e também nosso co-irmão que participa de competições menores...)!

Luiz Fernando disse...

Prezada Jéssica:

Em primeiro lugar, o blog agradece para preferência! No entanto, ser melhor que o M. SAraiva é muito mais obrigação que mérito...hahaha
O tropeço do SP foi bom. Se bem que eu tenho uma opinião meio isolada em relação aos bambis: o Muricy não sabe jogar Libertadores. Tanto que venceu os últimos 3 certames nacionais, ao passo que foi eliminado nas últimas 3 Libertadores por times mais fracos que o dele.
Eu tb gosto do Makelele. Mas, mesmo contando com ele, precisamos de um volante de maior imposição para jogarmos a Libertadores.
Ah, e como gremista, peço que não desvalorizes a Copa do Brasil. Trata-se de bela competição de âmbito nacional.
MAs no ano do sem(libertadores)tenário deles, a música é uma só: cada um no seu quadrado! Uns na Libertadores, outras na Sulamericana.
forte abraço

Luiz Fernando disse...

bha, Jésura...mil perdões pelo erro de nome!
Foi pura distração, decorrente da correria para colocar as coisas em dia para as tão sonhadas férias.
abraço

Jésura disse...

Ora, é claro que não desvalorizo a Copa em que somos campeões por excelência e que tantas alegrias nos deu... É só uma questão de perspectiva: no ano em que disputamos a Libertadores e "eles" não, todas as demais competições passam a ser menores. Quanto à troca de nomes, isso faz parte do meu dia-a-dia he he. Saudações tricolores!

Kbecinha disse...

Isso ai Fe! Agora tem que comer grama. Temos que ter espirito de Libertadores. A direção errou mais uma vez ao não trazer no mínimo 2 meias-canchas, 1 para o lugar do Carioca e outro para sanar a falta de criatividade que nos fez entregar o Brasileiro. Empilharam atacantes e trouxeram um guri do rebaixado Figueira. É aquela história, quem tem 1 não tem nenhum, o William Magrão se estourou e corremos contra o tempo. O mercado está escasso e, consequentemente, existem menos opçôes e os custos são mais elevados.

Abraços a todos.

Kbecinha - correspondente Blogremistas na Austrália