quarta-feira, 18 de junho de 2008

Sorte e Competência

Ouvi uma entrevista do Celso Roth onde ele reclamou de quem disse que o Grêmio teve sorte no jogo contra o Goiás e afirmou que ele e o time tiveram foi competência.

Eu diria para o nosso eventual comanandante não desprezar a boa sorte, porque ela pode mudar de lado. Acho que o time teve muita sorte sim, até porque a sorte acompanha os competentes, basta ver o que o Fluminense está fazendo na Libertadores. De mais a mais, não vi um Grêmio tão soberano assim em campo e sim um time do Goiás completamente desorganizado, com jogadores ruins e que mesmo assim poderia ter complicado bastante o jogo se soubesse aproveitar as três ou quatro situações na cara do nosso goleiro que teve.

Mas quebramos o tabu do Serra Dourada (graças ao Valtinho parece) e temos um começo de campeonato que nem o mais enlouquecido gremista esperaria. E temos um grande goleiro, eficiente e discreto, mas que salvou a pátria tricolor quando foi preciso. A partir do goleiro e da zaga começa a surgir um esboço de time, com Leo, Pereira e Rever, Helder, Magrão, Rafael Carioca, Roger e Perea e algumas posições onde ainda podemos melhorar bastante.

Mas aí eu olho pro banco e vejo o Roth com aquela cara de quem não está entendendo nada e isso me dá calafrios. ...

Mas agora é hora de apoiar ainda mais e enfrentar a chuva e o frio e ir ao Olímpico empurrar o time contra o Atlético paraguaio e torcer para que a sorte continue acompanhando o tricolor.

4 comentários:

Luiz Fernando disse...

Grande, Jabba!

Já diria o grande sábio: sorte é quando a competência encontra a oportunidade.
Não é do meu perfil ser intransigente. Em sendo assim, apesar de não gostar do Roth, tenho q admitir q ele é responsável, ao menos em parte, pelos avanços apresentados pelo nosso time, especialmente na parte defensiva.
Do jogo de sábado, além da vitória, resta uma certeza: "habemus" goleiro!
Abraço,

Luiz Fernando

Valtinho Gremista disse...

Jába,
Estamos todos surpresos com a campanha e com a certeza de que temos mais pontuação do que a capacidade mostrada até o momento.
O nosso Blog abriu seus trabalhos com a campanha "Roth: Isso tem que ter fim !", mas, neste momento, concordo com o que o Krieger me falou no hall de entrada do Hotel do Grêmio em Goiânia: "Chegou a hora da torcida apoiar a permanência e a presença do Roth."
Um grande time sempre começa por um grande goleiro, consequentemente, já estamos no começo.
SDS
Valtinho.
P.S = Quem vai me acompanhar no Engenhão ???

Kbecinha disse...

Não sou fã do Roth, mas acredito que o Grêmio está fazendo essa campanha mais por seus méritos do que dos jogadores. Além disso, não vislumbro um substituto melhor ou menos ruim. O "Boca Floreada" (de quem não gosto) foi para o planeta de los monos. Só trocaria pelo Mano, Felipão, Sir Alex Ferguson... mas esses já estão empregados.

adriano disse...

Os resultados surpreendem, é verdade, mas acho que a amostragem ainda é pequena. Além disso existe o receio dele repetir o historico de começar bem e terminar mal. Isso não pode acontecer no Gremio. A crítica tem feito bem a celso roth e, consequentemente ao Gremio. Abrandarei a crítica mas ainda não vou deixar de fazê-la, pois ainda é difícil engolir nossa saída nas 16ª de final (antes das oitavas)de uma copa do Brasil na qual o campeão foi o Sport.