sexta-feira, 19 de junho de 2009

Vamô Vamô Tricolor...

Gremistas, passamos para a nossa sétima semifinal de Libertadores. Se estamos jogando mal, se passamos sufoco contra o "morto" Caracas ... Nada disso importa, o que interessa é que estamos lá entre os 4 melhores da América. Só sobrou quem tem cabelo no peito. Dois bicampeões (Grêmio e Cruzeiro) e dois tricampeões (Nacional e Estudiantes). Nada de Once Caldas RS, DMLU ou gente fantasiada no Maraca. É a celebração da volta da tradição na LA 50.

Será que teremos uma Batalha de La Plata na final? Se acontecer isso, deveriam rasgar o regulamento e marcar uma final única para o aposentado Estádio Jorge Luis Hirschi, esquecer o fair play, liberar a cerveja e entregar a taça para quem sobrasse em pé.

Antes disso, temos que passar pelo Cruzeiro. Time encrespado, que ganhou com autoridade no campo neutro do Morumbi. Não vou entrar no mérito se temos futebol para vencê-los, nessa hora é o que menos importa. Como nunca fomos a namoradinha do Brasil (a atual andou dançando com o cara mais gordo da festa), estamos acostumados a lutar contra o favoritismo. Foi assim em 95, quando um desconhecido atacante de nr. 16 derrubou a cabeçazos o esquema Parmalat. E em 2007, quando o time contestado eliminou o bicampeão brasileiro São Paulo ainda nas oitavas e despachou o Santos nas semi. Eu prefiro assim, comendo quieto.

Portanto Gremistas, não importa se o presidente disse que não virão mais contratações, se a Geral está dividida, se joga Alex Mineiro ou Herrera ou (pior ainda) Jonas, se tu não gostas dos laterais, se a direção é incompetente, se vai estar frio, chovendo ou se estou gripado... Vamos alentar, copar, beber, fumar, se esguelar e carregar o time nas costas para a final, como em 2007. Enfim, larguei a corneta no "CONSERTO GAITA" (não é clínica de aborto) e vou apoiar incondicionalmente.

Como inspiração, assista ao vídeo abaixo. Preste atenção nos carrinhos voadores do Portaluppi e no Jandir botando o time do SP para correr em pleno Morumbi.

video

7 comentários:

Jabba disse...

Grande Kbecinha, no mais puro espírito bipolar, que sempre caracterizou a torcida tricolor.
Mas concordo contigo, agora é a hora de separar os guris dos homens e qualidade técnica não tem nada a ver com isso. Vamos ver se a camisa tricolor e a torcida conseguem injetar essa qualidade nos jogadores e vamos ganhar essa Copa, nem que seja na marra.

Luiz Fernando disse...

Post sensacional!
A melhor parte foi a de fazer um jogo só entre Grêmio e EStudiantes! Baita idéia!
Eu estou meio desesperançado, mas concordo contigo. É hora de pouca técnica e muita vontade!
Os jogadores tem que ter em mente o seguinte: "faltam 4 jogos para a gente fazer história!"
A conquista da Copa apaga toda e qualquer incompetência! Ou vcs acham q Renato e Koff não erravam tb?
Da-lhe OOOOOOOOOOOO, o grêmio é copero; da-lhe oooooooooooo, campeão mundial!!!
AGora: vai ser muito F*@%&!!!!

amarante disse...

Bah, agora me deu medo: o k-becinha começou a acreditar!
Prefiro quando diz que não há chance, que vai ser uma sacola, que o time não dá nem pra saida e coisa e tal. Geralmente acontece o contrario, rsrsrsrsrs
Mas é isso aÍ! Como diz o jabba é o espirito bipolar da torcida tricolor. Bipolar entenda-se tomar duas polar e começar a acreditar.
Pois que tomemos 2, 4, 8, 16 polar e tentemos o improvavel: ganhar de um time que é mais organizado, que tem mais preparo físico, mais qualidade e parece mais focado e melhor dirigido. Vou achar um lugar pra deixar minha corneta e começar a ensaiar as musicas da geral, afinal Gremio é Gremio.

Jésura disse...

Texto genial! Concordo com o Amarante: sob o prisma racional, é improvável que o Grêmio supere o bom time do Cruzeiro. Mas se futebol fosse uma ciência exata, faria sucesso nos centros acadêmicos e não nos estádios. E como desafiar a metafísica é uma especialidade do Grêmio, temos chance. Não à toa os vermelhinhos estão se borrando de medo do nosso tri...

Henrique Richter disse...

Peço licença para fazer meu primeiro comentário aqui no blog.
De fato, se fôssemos pesar os fatores racionalmente, já poderíamos desde agora ir dando adeus à LA. Mas isso eu deixo para quem "entende de futebol". Afinal de contas, há mais coisas entre o céu e a azenha do que sonha a nossa vã filosofia.
Além do mais, que graça tem em contar pra um neto, algum dia, que "o Grêmio foi campeão aquele ano porque o time era melhor"? Muito melhor dizer que o Lara morreu logo após defender um pênalti, ou que o Grêmio foi campeão, após ter se visto entre o céu e o inferno, com 7 em campo depois de ter tido dois pênaltis assinalados contra.
A essa altura, o que foi feito, foi feito (contratações, planejamento, etc.), e o que não foi, não será mais. É hora de acreditar mesmo, de transmitir pro time aquela tradicional imortalidade tricolor!
Depois se vê quem será coroado ou crucificado...
E VAMOS À PELEJA!

Léo NL disse...

Queria pedir parceria para meu Blog, meu MSN é leo_nunes_lima@hotmail.com

Blog: www.rever5.blogspot.com

Vlw!

Kbecinha disse...

Vou colocar essa bomba somente nos comentários porque minha flauta está consertando. Não acredito que a torcida vai deixar vá deixar ocorrer mais essa sandice.

" Grêmio se reaproxima de Ronaldinho - Assis, irmão e empresário do jogador, e o presidente Duda Kroeff dão primeiro passo para que craque retorne ao clube em 2011."

Não deixam nem a gente curtir a classificação para as semi da LA50. O Presidente não tinha outras coisas mais importantes para fazer.