domingo, 3 de agosto de 2008

Sonho e realidade

O jogo contra o Vitória mostrou que o Grêmio está evoluindo como time. Enfrentamos, na minha opinião, o melhor adversário até agora no campeonato. O Vitória jogou como deve jogar um time visitante, marcando, peleando, mas atacando e com perigo sempre que tinha a bola. Pena para eles que do outro lado tinham 40 mil gremistas alentando, e um time bem organizado e disposto a ganhar o jogo, jogando no ritmo da arquibancada. Poderia falar do homem de gelo Vitor, da grande partida do Rever, dos passes do Tcheco, da estréia do Souza, ou do impressionante preparo físico do time, mas não vou comentar o jogo, porque já tem comentarista ruim demais por aí. O que importa é que garantimos mais três pontos.
Hoje quero falar da torcida. Conversando com os gremistas, na arquibancada ou na rua, o que se vê é uma mistura de descrença com esperança. Ninguém quer admitir, com medo da enorme flauta que pode vir depois, mas dentro de cada um, ao menos dos que estavam no estádio hoje, começa a brotar aquele sonho do título, coisa que parecia impossível desde que inventaram este aborto da natureza que é o campeonato por pontos corridos, e muito menos depois dos fracassos do primeiro semestre. Impossível não se arrepiar quando 40 mil vozes cantam "O Grêmio vai sair campeão", mesmo que a liderança seja somente circustancial como diria o professor.
É claro que a fria lógica diz que ainda faltam 21 rodadas, que o grupo do Grêmio ainda é limitado, que times como o São Paulo e o Palmeiras estão crescendo, que o Roth ainda está ali esperando para nos matar do coração, mas pelo menos hoje sei que vamos dormir embalados com este sonho.

5 comentários:

Valtinho Gremista disse...

Isso aí Jába !
O post sintetiza o sentimento atual de todos nós, afinal de contas, como dizia o sambista, sonhar não custa nada !
Quarta-feira todos lá contra o Ipatinga, para vingarmos o futebol contra eles ...
SDS Tricolores

Luiz Fernando disse...

Grande, Jabba!!!

Percebeste com exatidão o sentimento da nação tricolor.
É um misto de descrença e esperança.
REsta-nos aguardar o decorrer dos acontecimentos.
Ser campeão é um sonho distante ainda, por todos os motivos q elencaste. Mas uma vaga na Libertadores já se afigura como uma realidade bem plausível.
Quarta, novamente o Olímpico vai pulsar.
Abraço

Sra Jabba disse...

Favor deixar o oba oba para os flamenguistas e afins. É preciso xingar o Roth até o fim, até a libertadores, até o mundial!

adriano disse...

É isso aí Sr. Jabba! Nossos sentimentos estão misturados. Queremos acreditar mas o receio ainda é grande. Acho que saberemos se o Gremio é real postulante ao título entre a 25ª e a 30ª rodada. Espero que o time saiba lidar adequadamente com duas competições. Enquanto os dados concretos não chegam para uma opinião definitiva e racional, acho que devemos transformar o sonho em gana e mobilização.

Kbecinha disse...

Quem sabe a ortodoxia do Celso Roth funcione para o campeonato de pontos corridos? De repente ele seja o treinador ideal p/ esse tipo de campeonato. Time com equilibrado, como ele mesmmo diz. Só faz alterações aos 30 minutos do 2 tempo. Na rádio da Bahia, eles estavam indignados com a derrota, reclamando do futebol de resultado e que o Grêmio se fechou em casa. Por isso eles não chegam a lugar nenhum, não é concurso de beleza, mas futebol. Estou gostando da recuperação do estilo de jogo gremista, a zaga não se envergonha em dar bico para a frente quando a coisa aperta e a Geral vibra como se fosse um gol.