domingo, 19 de outubro de 2008

A derrota para a teimosia.


Me desculpem a comparação esdrúxula, mas o Grêmio se comporta como um gordo de dieta, quando emagrece 3 quilos, vai a um espeto corrido para comemorar.

Com os resultados paralelos, poderíamos ter aberto 4 pontos de vantagem o que daria mais tranqüilidade na busca pelo título. Só para variar, entregamos mais um jogo. Não me venham com desculpas de interferência das eleições, STJD, gramado ruim, etc. Tá chato de repetir isso, mas faltou mobilização de novo.

Falta o Sr. de orelhas compridas da foto DECRUZAR OS BRAÇOS!!!!

Não há variação de jogo. Os jogadores pegam a bola e lançam na área de onde estiverem para a "jabuticaba do bolo" resolver. O treinador somente muda o time aos 25 minutos do segundo tempo, não importa se Soares tenha ido a São Paulo a passeio ou se o meio-campo esteja perdido. O time apanhando da bola, enquanto que o Perea, Reinaldo e Souza assistiam ao jogo do banco. O Orteman faz mais uma partida patética e o Makelele não é nem relacionado (concordo contigo Caio, um dos nossos poucos leitores).

Pior que perder é escutar o discurso: "Ainda somos líderes." ou "Tomamos gol em bola parada.". Estou cansado. O Grêmio é maior do que isso. Não estou vendo pegada. Tem que morder, comer grama e, se perder, sair quebrando tudo.

Roth, tem que mexer no time urgentemente, seja na escalação ou seja na motivação.... Sei lá, te vira tchê!!! Mesmo que tu não entendas nada de futebol, tu estás aí para isso.

A tabela está complicada e as perspectivas não são boas pelo futebol que a equipe vem apresentando. Mas vamos lá, resignação é uma palavra que não se pronuncia na Azenha.

Tá difícil, mas O GRÊMIO VAI SAIR CAMPEÃO.

13 comentários:

Maurício disse...

Prezados blogremistas,
tá certo que o Grêmio é imortal e nunca ganhou nada fácil, mas não precisa exagerar. Ontem,como dito, botou novamente o campeonato fora.Claro que tudo pode acontecer, mas se perde para a portuguesa, qual a perspectiva com o Cruzeiro e o Palmeiras fora?É difícil sonhar, mesmo.Mas tem que mobilizar e mobilizar, quem sabe concentra até o fim do campeonato, sei lá, do jeito que tá corremos risco até de sair do G4, e, isso sim, seria inadmissível.Quinta, com o Sport, em casa, vai ser outro inferno, mas vamos lá, em casa temos que forçar a vitória e seja o que Deus quiser.
Maurício

Luiz Fernando disse...

sobre o jogo de ontem: BUR(R)OCRACIA total!!!!
Time sem criatividade, sem ímpeto e sem vontade.
A única exeção foi o Ortemann, que nem a "burocracia nossa de cada dia" conseguiu desempenhar.
O fúnil está fechando. Ou tomamos um atitude de gente grande ou vamos deixar passar o cavalo encilhado mais fácil dos últimos tempos.
Ontem era jogo para vencer e abrir 4 pontos de vantagem, até para ter gordura para queimar nos confrontos diretos.
Concordo com o kbecinha, quanto às desculpas, com exceção de uma delas: as eleições!!! Hj abro o globo.com e tem uma manchete dizendo que o Odone está magoado com o Koff. Ora!!! Estamos na reta final de uma disputa acirrada e o Presidente vem fazer beicinho! Vamos focar no time, no futebol e na mobilização. Depois, com a taça no armário e o bicho no bolso, o Odone pode vir a público chorar, xingar, criticar o quadro político do Grêmio ou dizer que está magoadinho com alguns caciques e fantasma que assombram o Monumental. Mas não agora, Presidente! Termine sua gestão conquistando o título dos brasileiros, e serás lembrado como o Presidente que pegou o clube aos frangalhos e o largou campeão nacional.

Kbecinha disse...

O Duda Kroeff nem assumiu e já anda falando bobagem. Vejam a declaração sobre a permanência do Celso Roth:

"Seria muito difícil trocar um treinador tri campeão brasileiro. Mas se avaliarmos que ele fez um bom trabalho e por um detalhe não foi campeão também acho que não é o caso de trocar o treinador."

P... QUE O PARIU!!!!

Luiz Fernando disse...

oremos!

Jabba disse...

Só rezando mesmo, porque o que se viu ontem foi de chorar. Tomara que suspendem o Morales mesmo, porque parece que com aquele mangolão lá na frente a tática é só ficar dando bico pra dentro da área. Esse Orteman ia ser xingado na minha pelada de sábado pela falta de velocidade e de vontade, como é que colocam um bosta desses para jogar no tricolor? Olhando a tabela a coisa tá muito feia, começo a me preocupar com a vaga na Liber, que já estava praticamente garantida.
E acho que tem que demitir o Roth ganhando ou perdendo o campeonato, alias já deviam ter demitido depois do Grenal ou depois de ontem.

Ricardo disse...

Gostei do que vi ontem, até porque sou colorado. Não acho que o Morales seja um atacante ruim, acho ele melhor que o Marcel e no jogo do grêmio contra o Santos me impressionei com a velocidade dele em uma arrancada. Um atacante alto, forte, de velocidade razoável e qualidade técnica razoável. Esse cara pode meter gol se o grêmio tiver ao menos um meia decente. O melhor jogador do grêmio contra a Portuguesa, foi o Willian Margrão, haha. Nada contra ele, inclusive acho que ele evoluiu muito mas, por favor time que quer fazer por merecer o título não pode ter o Willian Magrão como meia. Um jornalista que eu não lembro o nome disse no "rockgol de domingo": "o Grêmio é um líder retranqueiro, e líder restranqueiro não dura". Chego até a torcer um pouco pelo grêmio pra que faça um bom campeonato, mas que não invente de ganhar o título pelo amor de Deus.

Kbecinha disse...

Agora virou moda. Os morangos, além de imitarem a nossa torcida, resolvem passear por nosso blog. Criem seus próprios fóruns de discussão e não me venham escrever bobagens. "Morales deu uma boa arrancada" e depois mandou em cima do goleiro. Gostou? Leva para ti. Rockgol? Aquele programa do canal de música? Ótima referência futebolística. Time restranqueiro (sic)? Com 46 gols a favor, contra 39 das bichonas de vermelho.

amarante disse...

Impressionante. Tivemos uma semana e meia pra nos preparar para o jogo contra a fraquissima portuguesa e parece que foi pior.
O melhor momento do Tricolor foi no final do mes de junho e durante todo o mes de julho. Neste período os jogos foram quarta-domingo, ou seja não havia quase nada de tempo pra treinar. A partir do mes de agosto os jogos passaram a ser uma vez por semana e começamos a decair. Conclusão: Quanto mais tempo pra treinar pior. Isso mostra a qualidade do técnico que temos.

Luiz Fernando disse...

Amarante: treinar é perigoso, por aprimorar a ruindade!!!hahaha
Falando sérrio: nós sabemos q temos carências técnicas enormes. E isso não é de agora, vem desde o final da Libertadores do ano passado. O q não podemos admitir é apatia, resignação e falta de vontade. Isso é inadmissível! Pô....líder, faltando oito rodadas!!! Não pode jogar burocraticamente, ainda mais contra a deficiente Portuguesa. Tínhamos q comer a grama e fazer a bola entrar de qualquer jeito. NO primeiro turno, nós marcávamos a sáida do adversário, saíamos rápido para o ataque e contávamos com a chegada surpresa do W. Magrão (q, com todo respeito ao torcedor dos amargos que aqui se manifestou, não é craque mas tb não é mau jogador!). No segundo turno - e venho falando isso desde o jogo contra o Flamengo - somos uma equipe burocrática, que joga descompromissada, achando q o resultado surgirá naturalmente.
REpito: ou mudamos a nossa atitude ou terminaremos o ano sem vaga na Libertadores!

Kbecinha disse...

Quando temos uma semana para treinar, o time fica com o "dedo do técnico", aí dá a merda que nós vimos. Alterando a clássica frase: "Técnico ruim, quanto mais treina, piora o time.".

Realmente, Luiz Fê desde o começo do returno estamos cantando a pedra para a apatia do time. A esperança é que o Tcheco tente incendiar essa gurizada. Tem que assumir a postura de capitão e não se omitir como na final da Libertadores.

Quanto ao William Magrão, como todo o time não vem repetindo as atuações do primeiro turno. A inconstância do seu futebol é inerente a sua juventude. Gostaram da frase, né! Vou mandar para o boca floreada do Tite p/ que ele use nas suas coletivas.

Eduardo disse...

Pois então caros blogremistas,
realmente depois do jogo com a Portuguesa as coisas ficaram complicadas, não só pela tabela, mas pelo futebol que temos apresentado. O segundo turno tem sido de escorregadas e tropeços para nós, o que é normal para todos, mas é hora de mostrarmos atitudes pelo menos nos menos de 1 jogos restantes. Se é impossível ganhar um campeonato inteiro de pontos corridos só com garra e vontade, nada impede que ganhemos essa reta final na base da canelada, do carrinho e do dedo no olho.
E para mim, nesse sentimento patriótico que nutro pelo Tricolor, me parece certo que essa taça vai estar no nosso armário no final da temporada, simplesmente porque os brazucas pensam que não vamos ganhar, que não temos mais chances. O Tricolor vai aprontar para cima do cruzeiro e/ou do palmeiras. Ta com a cara do Grêmio agora.

Ricardo disse...

Antes de mais nada queria pedir aos donos do blog que se entendessem, já que, um elogiou a presença de leitores colorados, e outro criticou.

Kbecinha antes de falar que o grêmio não é retranqueiro, pensa no campeonato inteiro. O meio-campo do teu time não tem um meia decente a não ser que o tcheco acorde no dia da partida e pense "ok, hoje vou jogar bem". Time retranqueiro sim! E teu argumento podia até ser um pouco válido no dia que tu deste ele, mas atualizando um pouco os teus dados:
Grêmio: 47 gols
São Paulo:53 gols
Cruzeiro: 49 gols
Palmeiras: 49 gols
Flamengo: 51 gols
Inter (embora não esteja na briga pelo título faço como tu queres): 42 gols
Teu time é o que menos marcou gols no "G5", está mais perto ,em gols marcados, do Inter do que do São Paulo, e provavelmente (não tenho números para provar que sim assim como tu não tens para provar que não) é o time do G5 que mais fez gols de contra-ataque.
Embora o Grêmio tenha este ataque médio, tem a melhor defesa do campeonato (e o Vítor que ganhou "solito" uns 15 pontos). Se tu olhar as atuações do Grêmio em todos o campeonato tu vais ver a quantidade de gols que saiu de roubada da bola (méritos da retranca).
Acredito que não seja vergonha nenhuma jogar na retranca. Aliás, vocês gremistas não se gabam tanto da suposta (ou não) raça inerente ao time do Grêmio independente dos jogadores? Para uma retranca dar certo também é preciso raça.Quanto ao Rockgol eu apenas quis fazer menção à última vez que eu havia escutado que o Grêmio é retranqueiro, o jornalista em questão era um convidado do programa, não vinculado ao "canal de música" que, por acaso, chama-se MTV. E posso afirmar que eu acompanho mais futebol do que tu, a não ser que este seja o teu trabalho. Então antes de tentar me atacar com ofensas a mim e ao meu time, pensa bem no que vais dizer.

Quanto ao Morales acho sim que é um bom atacante mas, o Adriano(nosso reserva caso não saibas) é sem dúvida melhor que ele.

A propósito, sou heterossexual e colorado, e acredito que tu não podes falar muito em homossexualidade pois o teu time tem torcedores homossexuais.

Abraços, e parabéns pelo resultado do teu time contra o Cruzeiro.

Kbecinha disse...

Caro Ricardo, como está escrito na descrição desse espaço: "Este é um blog democrático, os assuntos são livres, desde que relacionados ao Grêmio.". Sendo assim, já que há democracia, os colaboradores do blog podem (e devem) discordar sobre os assuntos, entre eles a presença ou não de comentários de torcedores de outras equipes.

Em outros blogs gremistas, provavelmente, o teu comentário seria eliminado. Como somos democráticos, tuas opiniões estão aí publicadas. Só acho esquisita, a tua obsessão pelo Grêmio. Será que queres virar a casaca? Fique à vontade.

Como não te censuramos, agüenta as críticas. Sempre vou me referir ao teu time como os párias do futebol gaúcho, filhos bastardos do RS, morangos, bichonas, etc. Para mim não existe essa história de co-irmão. Lembre que esse é um blog gremista, se queres ouvir elogios não busque esse espaço.

Por outro lado, minhas manifestações não tiveram o objetivo de te ofender pessoalmente, até pq não nos conhecemos. Bom gosto para ler blogs, eu sei que tu tens. Se te ofendi, não foi intencional, releve, venho de uma época em que não existia fair-play.

Não tenho a pretensão de entender de futebol, muito menos ser um mestre no assunto como tu. Como diz um outro blogremista: "Quem gosta de futebol é fresco, eu gosto do Grêmio."... é o meu caso também.

Para concluir, lamento que não tenhas tido tanta competência para escolher teu time quanto tiveste na tua opção sexual. Nunca é tarde para mudar... estou falando da opção clubística.

Parabéns pelo resultado no Nal-Nau e boa sorte contra o meia-boca.