sábado, 10 de maio de 2008

Jogo com cara de Grêmio!

A primeira vitória do Grêmio no brasileiro veio como eu gosto: jogo amarrado no meio de campo, amplo número de faltas do tricolor dos pampas e poucas chances do adversário.

Foi assim que resumo o jogo em que pela primeira vez vimos o 3-5-2 do Celso Roth. Não tivemos fluidez, é verdade, mas dá pra entender pelo pouco entrosamento do esquema. Apesar de, em tese, termos 5 no meio, achei o setor despovoado, principalmente na criação que só tinha o Roger como responsável. Temos o Júlio dos Santos, mas vou dar crédito ao técnico pela não escalação, pois esse jogador ainda não confirmou, embora tenha tido oportunidades.
Além do resultado, as notícias boas ficam por conta das boas atuações de Rafael carioca (jogou como Rafael gaúcho), a confirmação do goleiro Vitor e exitosa atuação da zaga com Rever, Léo e Pereira.

O Grêmio precisa encontrar alternativas para a grande distância entre a primeira linha do meio campo (Helder, Rafael, Eduardo Costa e Paulo Sérgio) e o Roger. Jogamos numa espécie de 3-4-1-2, defendendo em bloco e especulando no ataque. Isso prejudicou muito as atuações de Perea e Soares.

Há muito por fazer. Além de reforçarmos as laterais temos que buscar meias capazes de maior definição. Não vamos esquecer que o São Paulo estava com reservas e sem entrosamento.

Enfim, o grêmio marcou muito e ganhou o jogo por isso. O Celso Roth vai se achar pela atuação de sua “retranca”.

Mas quem realmente vai chegar “se achando” em Porto Alegre vai ser o Valtinho gremista, que vai querer nos convencer que foi ele quem foi ao Morumbi e conseguiu a vitória do Grêmio. Mesmo assim, merece nossos parabéns pelo pé quente.

7 comentários:

Valtinho Gremista disse...

Prezado Amarante,

Acabo de chegar do Morumbi. Estou aqui no flat onde mora meu primo (em Moema) e estou assitindo o jogo na BAND. Parabens pelas considerações, porem é inadmissível que V.Sa. poste texto neste BLOG digitando os vocábulos sagrados "Grêmio" e "Gremista" com letras minúsculas.
Particularmente gostei também de duas atuações não mecionadas no teu texto e que entendo que merecem destaque... Estou falando do jogador Hélder e da Torcida do Grêmio.
Abraço e aguardo amanhã todos vocês no Salgado Filho para me recepcionar às 19 horas. Eu te avisei que voltaria líder do Brasileirão 2008.
SDS Tricolores (dos pampas)

Valtinho GRENISTA, nascido em 19.03

Kbecinha disse...

Vai ser difícil falar isso, mas o Roth acertou no esquema. Reconhecendo as limitações técnicas de seus comandados, armou bem a defesa e jogou para não perder a partida (e o emprego). Vamos ver como esse time vai se comportar em casa. Tomara que a direção não se iluda e busque reforços. Quanto às atuações individuais:
Defesa - os zagueiros mostraram segurança (tomara que o Léo fique), bem como o goleiro Vitor.
Laterais - o Paulo Sérgio meio atrapalhado, porém esforçado, o Helder inseguro, mas também meteram ele numa fogueira.
Meio - destaque p/ o Rafael Carioca, o Eduardo Costa já jogou mais (também jogou menos, é verdade) e o Roger meio desinteressado (apesar de ter cavado a falta do gol).
Ataque - precisamos contratar atacantes, esse Perea é bom p/ grupo no máximo.
Estréias - Rodrigo Mendes foi bem, compensa a falta de ritmo jogando com inteligência, Makelele mostrou vontade, cedo p/ avaliar.
Técnico - Prof. Ruy deve estar dizendo "É turrão, é turrão, mas é bom técnico oras". Na coletiva disse mais uma pérola: " O meio ambiente não era bom essa semana".
Comentário: que arbitragem caseira, hein.

Caio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Caio Lamachia disse...

Acho que o esquema 3 5 2 éum bom esquema de jogo, mas o zagueiro da sobra tem que ser o Léo. Tem mas capacidade técnica para sair jogando.
Quero o Grêmio jogando sempre desta maneira...sem jogo de firula, sem frescura... Futebol arte é coisa de veado....
Outra coisa que eu acho é que O Celso Roth não vai dar cetro, por que ele em um determinado momento vai inventar por que é muito burro e a torcida não vai perdoar e ai se vai o clima... O Grêmio quando perdia com o Felipão e o Mano a torcida tolerava pois eram acasos e a equipe nunca perdia a maneira aguerrida de jogar....
Acho que um nome bom para o Grêmio é o Guilherme Macculia... E dá-lhe Tricolor...Mas por enquanto vamos no que temos ...e todos ao Olímpico no domingo...Saudações Tricolores.
Caio lamachia

CCX, Senhora Jabba disse...

No meio do jogo fizemos uma consulta na internet:

Hélder Silva Santos, ou somente Hélder (Três Corações, 21 de outubro de 2008) é um futebolista brasileiro.

Começou sua carreira na categoria júnior do Londrina. Após se destacar na Copa São Paulo de 2007, depois de enfrentar o Grêmio, na fase de grupos, foi contratado pelo time gaúcho. Desde a sua contratação até abril de 2008, permaneceu na equipe júnior do clube. Em abril de 2008, foi promovido aos profissionais, já que Ânderson e Bruno Teles estavam lesionados ou se recuperando de lesão e Hidalgo tinha pendências com o clube, de modo que Hélder teve de suprir a temporária falta de laterais esquerdos. Neste momento, Hélder foi escalado como titular em alguns treinamentos [1] pelo técnico Celso Roth.

http://pt.wikipedia.org/wiki/H%C3%A9lder_Silva_Santos

Jabba disse...

Valeu pela vitória, a defesa realmente foi soberana, mas o São Paulo não foi nem sombra do time do ano passado. Esse esquema não me agradou em nada, o meio campo foi um enorme vazio, e os atacantes jogaram isolados, esperando os lançamento do Roger, que apesar de ter acertado pouco é a única lembrança de qualidade no meio do campo.

Caio disse...

Fala Amarante!!!!!
Continuo divulgando o blog Gremista!!!1
Ouvi dizer que o Marcel está voltando para o Grêmio, será verdade????
E Dá-lhe Tricolor...
Tem outra...NÃO GOSTO "DELES"
Abraço!!!!!!