domingo, 18 de maio de 2008

O Reencontro

Se me perguntarem a razão pela qual me tornei gremista, a resposta será apenas uma: tornei-me tricolor por influência do meu pai!
Agora, se me perguntarem os motivos pelos quais permaneço apaixonado por este clube, poderei passar um dia elencando as razões.
Ser tricolor é ser fiel na boa e na ruim! É saber crescer nos momentos difícieis. É desconhecer as palavras desitência e impossível. É conseguir ser manchete mundial sendo campeão do mundo ou sendo campeão da série B. É saber que sete guerreiros valem mais que onze jogadores e que pênalti algum findará uma história repleta de glórias e heroísmo. É virar jogos impossíveis e tornar árduas partidas que seriam relativamente fáceis. Ser gremista é estado de espírito. É ser identificado com este Estado. É valorizar os hermanos, por saber a dificuladade de enfrentá-los em um guerra pela ocupação do território cisplatino ou em uma cancha de futebol. É conhecer o valor do carrinho, do gol de bico, do campo embarrado e da marcação viril. É ser o primeiro clube de fora da Argentina a vencer em "La Bombonera" (e ainda de virada!). É calar o Maracanã, o Morumbi ou qualquer outro estádio onde se dispute uma final. É desejar ser campeão de tudo que se dispute, sem desvalorizar sequer torneio de bocha. Ser gremista, enfim, é ser torcedor de uma instituição que representa com autenticidade o brioso e valoroso povo do sul do Brasil.
Hoje é o reencontro! O Olímpico será novamente um caldeirão a espera do Flamengo!!!
Esqueçamos as rusgas, mágoas e problemas! Deixemos para segunda-feira eventuais debates sobre direção, comissão técnica e/ou política de futebol! É hora de gritar, cantar e alentar o imortal para mais uma vitória!!!
Neste domingo, todos os caminhos levam ao Monumental!!!!
Dá-lhe Grêmio "copero"!!!!
Boa sorte para nós!!!

2 comentários:

amarante disse...

Sensacional texto!!! Parabens Luiz Fernando.
É sempre emocionante pensar na paixão que o Gremio nos provoca e em tudo que ele nos proporciona.
É a magia de um "sentimento que não se termina", "mesmo não sendo campeão". Hoje é dia de viver ainda mais intensamente o orgulho de ser tricolor gaúcho.

Jabba disse...

Foi bonito ver o estádio cheio, mais de 40 mil pessoas empurrando o time. Pena que ontem a sorte não tenha pendido para o nosso lado, mas o time jogou uma boa partida, apesar de ser meio inexplicável manter os três zagueiros quando o flamengo ficou praticamente sem nenhum atacante.